Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

loader image

Peça A pane volta para curta temporada no Teatro Itália, em SP

O espetáculo A pane, do escritor suíço Friedrich Dürrenmatt, dirigido por Malú Bazán, reestreia nesta quarta-feira (7/6) no Teatro Itália Bandeirantes, em São Paulo, para curta temporada, que vai até 12 de julho. O elenco traz Antonio Petrin, Oswaldo Mendes, Heitor Goldflus, Roberto Ascar, Cesar Baccan e Marcelo Ullmann. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site do teatro.

Ao chamar de A pane seu conto (depois transformado em teatro), Dürrenmat não estava só pensando na falha mecânica de um Jaguar, que leva o protagonista a uma situação inesperada. A pane também diz respeito a este nosso mundo, repleto de imperfeições e catástrofes, de falhas da Justiça, de culpas e desculpas. Dürrenmat é daqueles autores que divertem e dão o que pensar.

A situação é inusitada. Um jogo em que octogenários juristas aposentados encenam suas antigas ocupações e, como diz o juiz anfitrião, agora não mais presos “a formas, protocolos, leis e todo o entulho inútil dos tribunais”. Neste jogo eles enredam um próspero representante comercial. Qual o seu crime? Não importa: “Crime é algo que sempre se pode encontrar.”

Ao brincar de tribunal, os personagens nos fazem questionar o conceito de justiça, o sistema de Justiça, e este nosso mundo “de inocentes com culpa e culpados sem culpa”. A encenação reúne atores de várias gerações, para falar não de uma história antiga, mas de “uma história ainda possível”, como o autor a qualifica.

Dürrenmatt (Konolfingen, 5 de janeiro de 1921 — Neuchâtel, 14 de dezembro de 1990) foi um escritor suíço. Embora possua grande fama por sua obra como dramaturgo foi também um prolífico contista e romancista.

A pane é uma comédia sobre a justiça. Hóspede inesperado se transforma em réu de um jogo em que juiz, promotor, advogado e carrasco aposentados revivem suas profissões. Uma fábula que fala dos nossos dias. No elenco, um encontro de gerações.

O espetáculo fez sua primeira temporada em 2021, no Sesc Santana, e prosseguiu com apresentações no Teatro Faap e teatros da prefeitura de São Paulo, em uma temporada beneficente, em 2023. A pane também circulou em unidades do Sesc no interior de São Paulo e recebeu duas indicações ao prêmio Bibi Ferreira na categoria melhor ator coadjuvante.

Serviço

A pane, de Friedrich Dürrenmatt, com direção de Malú Bazán

Local: Teatro Itália Bandeirantes – Av. Ipiranga, 344 – República, São Paulo – SP, 01046-010

Temporada: de 7 de junho a 12 de julho, quartas-feiras, às 20 horas.

Ingressos: R$ 60

Compras pelo site: https://www.teatroitaliabandeirantes.com.br

Informações: (11) 3131-4262

Duração: 70 minutos

Classificação: 14 anos

Capacidade: 292 lugares

Estacionamento: O teatro oferece um serviço de valet na porta

Ficha técnica

Texto: Friedrich Dürrenmatt

Tradução: Diego Viana

Direção: Malú Bazán

Elenco: Antonio Petrin, Cesar Baccan, Heitor Goldflus, Marcelo Ullmann, Oswaldo Mendes e Roberto Ascar

Concepção cenográfica: Anne Cerutti e Malú Bazán

Figurino: Anne Cerutti

Assistente de figurino e cenário: Adriana Barreto

Cenotécnico: Douglas Caldas

Desenho de luz: Wagner Pinto

Música original: Dan Maia

Operador de luz: Jonas Ribeiro

Operador de som: Silney Marcondes

Contrarregra: Márcio Polli

Fotos: Ronaldo Gutierrez e Rogério Alves

Visagismo: Dhiego Durso

Programador visual: Rafael Oliveira

Assessoria de imprensa: Angelina Colicchio e Diogo Locci – Pevi 56

Assistente de produção: Rebeca Oliveira

Produção e realização: Baccan Produções e Kavanpa Produções

Consultor Júridico

Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress

Entraremos em Contato

Deixe seu seu assunto para explicar melhor