Terms & Conditions

We have Recently updated our Terms and Conditions. Please read and accept the terms and conditions in order to access the site

Current Version: 1

Privacy Policy

We have Recently updated our Privacy Policy. Please read and accept the Privacy Policy in order to access the site

Current Version: 1

STJ tranca ação penal baseada em prova arquivada a pedido do MP

A Súmula 524 do Supremo Tribunal Federal veta que uma ação penal seja aberta após o arquivamento do inquérito policial a pedido do Ministério Público sem que existam novas provas contra o acusado. 

Ministro ordenou o trancamento de ação penal baseada em prova já arquivada

Reprodução

Esse foi o entendimento do ministro Antonio Saldanha Palheiro, do Superior Tribunal de Justiça, para dar provimento a pedido de Habeas Corpus e determinar o trancamento de ação penal contra um homem acusado do crime de incêndio. 

No HC, a defesa sustentou que o inquérito contra o acusado havia sido arquivado anteriormente, sem a existência de provas novas, antes do oferecimento de nova denúncia por parte do Ministério Público. 

No caso, o MP pediu arquivamento dos autos sem se atentar ao fato de que eles continham o laudo pericial do incêndio. Contudo, apresentou uma nova denúncia baseada no documento que havia sido arquivado. A defesa solicitou o trancamento da ação penal e teve o pedido negado. Então, recorreu ao STJ. 

Ao analisar o caso, o magistrado apontou que não resta dúvida que o laudo que baseou a nova denúncia por parte do MP já havia sido arquivado anteriormente, de modo que o documento não poderia ser qualificado como uma nova prova.

“Em suma, há flagrante ilegalidade no prosseguimento da ação penal, haja vista não ter surgido prova nova que autorizasse, após o arquivamento do inquérito, o oferecimento de denúncia”, resumiu o ministro. 

O acusado foi representado pela advogada Bianca Venancio Lopes de Oliveira

Clique aqui para ler a decisão

HC 809.331 

Consultor Júridico

Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress

Entraremos em Contato

Deixe seu seu assunto para explicar melhor